Rádio Caiari 1430 AM

Zapatillas nike zapatillas reebok nike air max blancas ropa abercrombie gafas ray ban zapatillas under armour gafas de sol ray ban Gafas carrea new balance hombre botas futbol zapatillas asics new balance mujer zapatos casuales Zapatillas air jordan nike sb nike corte

notícias

07/12/2015

Governo assinará parceria com o Ifro para oferta de cursos profissionalizantes

O Governo de Rondônia projeta a implantação do Ensino Médio através de recursos tecnológicos. Em 2013, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) concluiu o projeto Ensino Médio com Mediação Tecnológica. Naquele mesmo ano, o Conselho Estadual de Educação aprovou o projeto através do parecer 032/13 e Resolução 1166/13. Com essa ação, a Seduc objetiva ofertar, já a partir de 2016, o Ensino Médio por mediação a mais de quatro mil alunos.

Segundo a Gerência de Educação da Seduc, serão oferecidos, concomitantemente ao Ensino Médio, cursos profissionalizantes através de acordo que será assinado com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (Ifro) na quarta-feira, dia 9. “Isso é importante, pois o aluno concluirá o ensino regular e, ao mesmo tempo, adquire capacitação profissional”, afirmou Giovanna da Silva, técnica da Gerência de Educação.

Ela disse também que em 2016, primeiro ano de execução do projeto, mais de quatro mil alunos serão atendidos em 176 salas de aulas, cada uma com 25 alunos. “As aulas serão transmitidas via satélite. Em cada sala de aula haverá um professor, de acordo com a aula que está sendo transmitida. No estúdio do Ifro, o professor ministrante, ao lado de um professor auxiliar, vai ministrar a aula. Serão, diariamente, 5h de aula, sendo 1h destinada aos cursos técnicos”, ressaltou Giovanna, informando que a Seduc vai investir R$ 26 milhões no primeiro ano de execução do projeto, dos quais R$ 20 milhões destinados ao custeamento de locação de estúdios, equipamentos e sinal de satélite, através de contrato firmado com o Ifro. Os outros R$ 6 milhões serão usados para a compra de televisores, antenas e computadores para utilização nas salas de aulas destinadas ao projeto.

CAPACITAÇÃO

No primeiro ano de execução do Ensino Médio com Mediação Tecnológica, 176 professores, das próprias escolas contempladas pelo projeto, estarão nas salas para mediar o processo de ensino entre alunos e professor ministrante. Os professores ministrantes, no total de 17 para 2016, serão os formadores da Gerência de Educação da Seduc. Todos irão passar por um curso de capacitação para desempenhar essa função e receberão gratificações para a função. Ano que vem, o projeto vai atender apenas aos alunos do 1º ano do Ensino Médio. E em 2017 será expandido ao 2º ano e em 2018 ao 3º. A partir de então, todos os anos do Ensino Médio serão ofertados nesta modalidade de ensino por mediação tecnológica. Em 2018, a previsão é chegar aos 12 mil alunos, em 528 salas por todo estado.

A Gerência de Educação explicou que, caso aconteça algo que impossibilite aos alunos de assistirem às aulas ao vivo, via satélite, por qualquer natureza, as aulas serão gravadas e disponibilizadas via internet. Ainda segundo a GE, dessa forma, até os alunos que já participaram das aulas online terão a possibilidade de revê-las, quando e quantas vezes desejarem.

A secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli, afirmou que esse projeto atenderá, num primeiro momento, às escolas que têm maior necessidade de professores, em localidades de difícil acesso. “As escolas indígenas e as rurais, além das cidades de difícil acesso, são os pontos de partida do nosso projeto”, ressaltou Fátima ao destacar que o Ensino Médio com Mediação Tecnológica é um desejo do governador Confúcio Moura, que até o final de seu governo espera ter todo Ensino Médio contemplado nesse projeto.

“Os alunos que vão participar desse projeto poderão estudar em sua própria comunidade, sem os cansativos deslocamentos e as exaustivas horas de espera de transporte escolar. E isso trará economia ao estado e conforto aos alunos. Mais que isso, essa medida visa também a formação técnica profissionalizante, ao mesmo tempo do ensino regular, o que pode melhorar, efetivamente, as condições de vida dessas pessoas”, pontuou a secretária Fátima ao lembrar que os recursos para implantação desse projeto é de exclusividade do Governo de Rondônia.

Fonte

Texto: Fabio Arantes

Fotos: Quintela

Secom - Governo de Rondônia

?2017 Rádio Caiari 1430 AM - H?50 anos no coração da gente! | Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:Agência Expression | Criação e Desenvolvimento de sites e lojas virtuais
replica watches ukrolex replica salefake watchesrolex replica ukfake rolex salereplica watches
Kleid Sportschuhe adidas schuhe adidas schuhe nike schuhe schmuck nike schuhe damen Taschen sonnenbrille Chaussure nike chaussure sport sac a main nike chaussure adidas chaussure lunette de soleil Vetement Chaussure adidas