Porto Velho, 14 de dezembro de 2019
Home > Boletim 103,1 > Parceria leva ação social aos moradores do Condomínio Porto Bello III, na Zona Leste de Porto Velho

Parceria leva ação social aos moradores do Condomínio Porto Bello III, na Zona Leste de Porto Velho

As 272 famílias que receberam no dia 26 de junho a chave do imóvel no Condomínio Porto Bello III, na Zona Leste de Porto Velho, foram beneficiadas no sábado (20) com uma série de serviços sociais, como parte da parceria estabelecida entre os governos federal e estadual e a prefeitura da capital para construção do residencial. Durante toda a manhã foram realizados agendamentos para exames preventivos, aferição da pressão arterial, teste de glicemia, consultas odontológicas pela Diretoria de Saúde da Polícia Militar, educação sanitária com distribuição de hipoclorito, cortes de cabelo, além de orientações sobre vetores de doenças, como a dengue, e sobre o programa Bolsa Família, enquanto as crianças foram envolvidas em atividades educativas para uma dentição saudável e na Rua de Lazer com brinquedos diversos.

A ação desenvolvida pela prefeitura por meio de várias secretarias, sob a coordenação da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária, Habitação e Urbanismo (Semur), contou com a participação da secretária adjunta de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social, Liana Silva de Almeida Lima, representando o governo estadual, em especial a secretária Luana Rocha, que cumpria agenda com o governador Coronel Marcos Rocha.

Liana explicou que o Porto Bello, formado por quatro prédios, cada um contendo 272 apartamentos, foi proposto pelo governo estadual, que ainda apresentou contrapartida financeira ao governo federal, responsável pelo programa Minha Casa Minha Vida, competindo à prefeitura a doação do terreno. Coube ainda ao governo estadual, através da Seas, selecionar os moradores em sorteios, que após análise da documentação pela Caixa Econômica foram submetidos a um novo sorteio para conhecerem o endereço e só após a vistoria puderam, por fim, se mudarem para a nova morada.

“Este trabalho é resultado desta parceria. Foi muito importante a harmonia entre os governo federal, estadual e a prefeitura para que o projeto desse certo, pois quando um ente falha, o projeto não flui positivamente”, disse Liana, completando que também é importante que os moradores agora trabalhem para que o condomínio seja mantido conservado e que todos vivam também de forma harmônica. A mesma orientação também foi repassada pela gerente de Habitação da Caixa, Joice Ramos; e o adjunto da Semur Gustavo Nobre.

GRATIDÃO

Entre os moradores estavam a manicure Nair Sofia, mãe de um casal de filhos, que externou sua gratidão por ter sido contemplada com um apartamento no terceiro piso do bloco 9, e fez questão de chamar a adjunta da Seas para conhecê-lo.

“Eu pagava R$ 400 de aluguel na avenida Amazonas, e só tinha um quarto. Hoje meus filhos têm seu quarto, uma conquista que conseguimos depois de 6 anos de espera”, citou, lembrando que ficou sabendo da inscrição para o imóvel quando veio do interior passar um feriado em Porto Velho. “Passei três noites na fila. Mas valeu a pena”, comemorou.

Fonte
Texto: Veronilda Lima
Fotos: Antônio Lucas
Secom – Governo de Rondônia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *