Porto Velho, 14 de dezembro de 2019
Home > Eventos > Núncio no Japão: “Esperamos palavras de coragem, esperança e paz”

Núncio no Japão: “Esperamos palavras de coragem, esperança e paz”

As expectativas e as esperanças dos católicos e da sociedade japonesa pela próxima visita do Papa Francisco. Entrevista com o núncio apostólico no Japão, Dom Joseph Chennoth
Cidade do Vaticano

No próximo dia 23 de novembro o Papa Francisco chega ao Japão para a sua Visita Apostólica ao país. Estão previstos vários encontros em Tóquio, Nagasaki e Hiroshima. A comunidade católica no Japão, embora seja minoria é muito ativa E aguarda com alegria a visita do Santo Padre. Conversamos com Dom Joseph Chennoth, núncio apostólico no Japão desde 15 de agosto de 2011. Em sua entrevista nos fala sobre as expectativas e esperanças dos católicos e da sociedade japonesa.

Dom Chennoth, qual é a sua expectativa e a da Igreja no Japão para a próxima visita do Papa Francisco?

Dom Joseph Chennoth: A Igreja no Japão está esperando com sentimento de gratidão e reconhecimento, primeiramente para com o Senhor que concederá ao Papa a possibilidade de visitar o Japão, depois de 38 anos da visita de São João Paulo II, uma visita que ficou no coração dos japoneses. Agradecemos também pela viagem tão longa que o Santo Padre fará para chegar até aqui, na Terra do Sol Nascente. As pessoas esperam com muita gratidão, com muita alegria. Esperam palavras de encorajamento, especialmente para a Igreja local, para os irmãos de fé e também para todo o povo japonês. Palavras de coragem, de esperança e de paz para que possam reinar nos nossos corações, mas também na sociedade através do diálogo e o encontro com os que estão próximos e os mais afastados.

O que o senhor espera para a Igreja Católica e para a sociedade com esta presença do Papa Francisco?

Dom Chennoth: No que se refere à Igreja japonesa que sofreu muito durante as perseguições, espero que possa crescer, que a fé possa ser aprofundada ainda mais, através da atividade dos missionários que ainda hoje têm um papel importante na transmissão da fé, especialmente por meio das obras da Igreja no campo da educação, da saúde, da beneficência, da caridade para com os pobres, e nos momentos difíceis, como o furacão que atingiu recentemente a capital, assim como no passado por ocasião do desastre de Fukushima. Esperamos que eles possam receber também uma mensagem de conforto.

São muito significativas as duas etapas da visita a Hiroshima e Nagasaki. Espera-se fortes mensagens de paz, e desarmamento…

Dom Chennoth: Certamente. Como já mencionei espero que as pessoas, especialmente destas duas cidades – Hiroshima e Nagasaki – que sofreram as consequências do bombardeio, possam receber uma mensagem de paz e esperança. Esperamos que o Papa possa transmitir uma mensagem de paz a todo o mundo, paz que deve reinar no coração dos povos.

Fonte: Vatican News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *