Porto Velho, 14 de dezembro de 2019
Home > Formação > Fisichella: dar vigor e perspectivas à exortação “Evangelii gaudium”

Fisichella: dar vigor e perspectivas à exortação “Evangelii gaudium”

Nesta quinta-feira (28) inicia na Sala Paulo VI o Encontro internacional “A Igreja em saída” promovido pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização. Entrevista com Dom Rino Fisichella

Amedeo Lomonaco – Cidade do Vaticano

“A Igreja em saída”. Recepção e perspectivas da Evangelii gaudium”. Este é o tema do encontro internacional organizado pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização programado para esta quinta-feira (28) até o próximo sábado 30 de novembro. O evento será dirigido a cardeais, bispos, sacerdotes, diáconos, seminaristas, homens e mulheres consagrados e leigos. Serão feitos vários testemunhos, incluindo Chiara Amirante, fundadora da comunidade Novos Horizontes, e Dom Luigi Ciotti, fundador do Grupo Abel e presidente de Libera.

Igreja em saída

Este encontro é celebrado após seis anos da publicação da exortação apostólica Evangelii gaudium do Papa Francisco.

“ A Igreja “em saída” é a comunidade de discípulos missionários que “primeireiam”, que se envolvem, que acompanham, que frutificam e festejam. Primeireiam – desculpai o neologismo –, tomam a iniciativa! A comunidade missionária experimenta que o Senhor tomou a iniciativa, precedeu-a no amor (cf. 1 Jo 4, 10), e, por isso, ela sabe ir à frente, sabe tomar a iniciativa sem medo, ir ao encontro, procurar os afastados e chegar às encruzilhadas dos caminhos para convidar os excluídos (Papa Francisco, Evangelium gaudium) ”

Evangelii gaudium e evangelização

O encontro internacional “A Igreja em saída” é uma oportunidade para compreender como a exortação Evangelii gaudium foi recebida nas comunidades. Dom Rino Fisichella, presidente do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização sublinha:

Fisichella: Este encontro nos deixa muito felizes e responsáveis porque reúne representantes de 63 países do mundo: da Oceânia a Ásia, da África a Europa, da América do Norte a toda a América Latina… Hoje começamos um encontro verdadeiramente eclesial que tem a característica desejada pelo Papa Francisco na Evangelii gaudium”: um caminho sinodal através do qual tentamos entender como a Carta do Papa Francisco sobre a evangelização foi recebida pelas nossas comunidades. Não esqueçamos que com a Evangelii gaudium o Papa queria expressar seu programa pastoral e o expressou à luz do trabalho do Sínodo de 2012, exatamente sobre a nova evangelização e a transmissão da fé. Por isso, serão dias intensos que nos levarão a receber diretamente do Papa, sábado pela manhã, mais uma vez o seu ensinamento.

Trata-se também de ver como foi recebido o convite do Papa de uma “Igreja em saída”. Já foram feitas atuações da Exortação do Papa Francisco?

Fisichella: Sim, não esqueçamos do grande movimento que gira em torno à perspectiva da evangelização nas nossas comunidades. Não é casualidade que convidamos para dar seu testemunho algumas testemunhas que, de diferentes maneiras, deram vida à realidade da evangelização. Chiara Amirante nos dará seu testemunho com “Novos Horizontes” que difundiu em todo o mundo a alegria de conhecer gente com mais dificuldades. Na sexta (29) pela manhã teremos André e Angele Regnier, fundadores da Catholic Christian Outreachin Canadá, onde os jovens se dedicam totalmente à evangelização: tomam a decisão de dedicar suas vidas à evangelização e o fazem desde os campus universitário para depois se transferirem às paróquias, até mesmo a manter a vida evangélica de pequenas comunidades nas paróquias dispersas no grande Canadá. Teremos testemunhos que dizem o quanto a paróquia sente a necessidade de se renovar com a conversão pastoral da qual falou Papa Francisco. Também teremos o testemunho do bispo auxiliar de Bogotá. Então, não esqueçam que esta Igreja em saída, como nos ensinou o Papa, também faz uma opção fundamental pelos pobres: Dom Ciotti, fundador do grupo Abel, nos dará seu testemunho. Nos dará sugestões sobre as repercussões sociais da proclamação do Evangelho. Também estará presente o arcebispo metropolitano de Aleppo. Portanto, uma série de reflexões de todas as partes do mundo, que mantém unido o grande dinamismo da evangelização.

Por conseguinte, belos testemunhos de uma Igreja em saída, através da evangelização e através das periferias existenciais e geográficas do mundo…

Fisichella: Vejamos como foi recebido até o momento o ensinamento do Papa. Queremos dar mais força e perspectiva aos conteúdos da exortação apostólica Evangelii gaudium.

Fonte: Vatican News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *