Porto Velho, 15 de dezembro de 2019
Home > Formação > Prevenção de suicídios entre os indígenas

Prevenção de suicídios entre os indígenas

O número de casos passou de 106 para 128, entre 2016 e 2017. O Conselho Indigenista Missionário (Cimi) relaciona índice às condições de vida dos indígenas na Amazônia

Jane Nogara – Cidade do Vaticano

Os casos de suicídio entre os indígenas no Brasil cresceram 20% entre 2016 e 2017, aponta relatório divulgado em setembro de 2018 pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi). A entidade mapeou 106 casos de indígenas que tiraram a própria vida em 2016, e 128 no ano seguinte.

Segundo a antropóloga responsável pela elaboração do documento, Lúcia Helena Rangel, o racismo, as pressões sociais e as limitações de território – motivadas por conflitos de terra – são apontados como as principais causas.

Com base nestas informações estãos sendo organizadas Oficinas de Prevenção ao Suicídio na Amazônia. O projeto faz parte da iniciativa nacional “Setembro Amarelo”.

Serão organizadas Oficinas para discutir a temática e como preparar os profissionais da saúde e educação para lidar e identificar este problema que atinge muitos jovens indígenas do Amazonas.

Fonte: Vatican News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *