terça-feira, agosto 4, 2020
Home > Formação > Caritas Internationalis cria fundo global para projetos de assistência e prevenção ao Covid-19

Caritas Internationalis cria fundo global para projetos de assistência e prevenção ao Covid-19

O Fundo de Resposta ao Covid-19 vai oferecer respostas imediatas e eficazes para a pandemia e foi pensado para ser um sinal visível da solidariedade da Igreja para continuar o trabalho de assistência e, ao mesmo tempo, introduzir medidas preventivas para combater a difusão do coronavírus. A Caritas Internationalis faz parte do primeiro grupo de trabalho da Comissão Covid-19 do Vaticano para enfrentar a emergência e pensar no futuro pós-Covid-19.

Andressa Collet – Cidade do Vaticano

O cardeal Peter Turkson, prefeito do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, anunciou nesta quarta-feira (15) a formação de uma força-tarefa composta por 5 grupos de trabalho para enfrentar a emergência do coronavírus e, sobretudo, pensar no futuro pós-Covid-19. A Caritas Internationalis, que já está atuando na linha de frente da crise sanitária e econômica, faz parte de um dos braços da Comissão que conta com a colaboração de dicastérios e ofícios da Santa Sé para testemunhar “a unidade e a capacidade de reação da Igreja”, afirmou o cardeal Turkson em entrevista ao Vatican News.

Em comunicado divulgado nesta quinta-feira (16), a Caritas Internationalis anunciou a instituição de um Fundo de Resposta ao Covid-19 destinado a projetos de assistência sanitária e de prevenção. A confederação irá coordenar os trabalhos do primeiro grupo da Comissão, junto ao Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, dedicado à escuta e ao apoio das Igrejas locais para “identificar as reais necessidades e controlar o desenvolvimento de respostas eficazes adequadas”, disse o card. Turkson. Iniciativa que já está sendo feita, visto que mais de 140 Conferências Episcopais responderam a um questionário indicando quais eram as necessidades mais urgentes nos países, descrevendo os programas já realizados para enfrentar a pandemia e, dessa forma, também oferecendo respostas adequadas à Comissão Covid-19 do Vaticano.

O secretário-geral da Caritas Internationalis, Aloysius John, enfatizou que o trabalho da confederação também já está presente na “África, Oriente Médio, América do Sul, Oceania e Europa”, inclusive “nas áreas em que nenhuma outra organização atua. O nosso trabalho é de testemunho vivo da missão da Igreja a serviço dos mais vulneráveis e da inteira família humana”. Através de programas de apoio enraizados no mundo inteiro, a Caritas Internationalis procura atuar rapidamente “para continuar a servir os mais vulneráveis”.

O secretário-geral disse que foi isso mesmo que o Papa Francisco pediu “dias atrás, quando apresentamos o nosso empenho contra o Covid-19: ‘sejam ágeis e rápidos e continuem levando adiante o trabalho de vocês. Se vocês não fizerem, quem fará?’”, disse o Pontífice encorajando todos os voluntários.

Criação de fundo global

Outra novidade diz respeito à instituição de um Fundo de Resposta ao Covid-19 para oferecer respostas imediatas e eficazes, pensado justamente para ser um sinal visível da solidariedade da Igreja. Com a iniciativa, as Caritas e as organizações católicas vão conseguir continuar o trabalho de assistência e, ao mesmo tempo, introduzir medidas preventivas para combater a difusão do coronavírus, com particular atenção aos países em que a epidemia traz as piores consequências.

Como vai funcionar o fundo?

O Fundo de Resposta vai dar prioridade em oferecer serviços relativos à assistência sanitária, tais como: a prevenção e o controle de infecções, o acesso à água limpa e aos serviços higiênico-sanitários e o fornecimento de equipamentos de proteção individual (máscaras, luvas e etc). Além disso, vai primar pela sensibilização e a difusão de informações para prevenir o contágio, assim como reforçar os serviços de suporte às comunidades, como garantir a segurança alimentar.

Em alguns lugares, afirmou o secretário-geral, a pandemia é considerada um dos menores males da população vulnerável. Em Ruanda, por exemplo, há pessoas que não respeitam as medidas de segurança por causa da grave carência de comida: “eles nos dizem que preferem morrer de Covid do que de fome”. Outra dificuldade vem da carência de fundos em Jerusalém, na Palestina, onde os voluntários arriscam ter de interromper o serviço de distribuição de alimentos e kits de higiene pessoal para 500 famílias pobres.

O fundo global, então, poderá auxiliar as Caritas e outras organizações da Igreja em pedidos de ajuda como esses, respondendo com programas de apoio e conforme a arrecadação dos recursos. O secretário-geral finalizou, encorajando a contribuição de todos:

“Estamos todos unidos pelo medo hoje, mas também devemos estar unidos pela solidariedade através da fraternidade universal. O único modo para superar essa pandemia é aquele de estarmos unidos para enfrentar este enorme desafio para a humanidade.”

Faça a sua doação

É possível fazer doações através do site oficial da Caritas Internationalis ou também através da conta corrente do Instituto para as Obras de Religião:

Istituto per le Opere di Religione

IBAN: VA29001000000020179007

Fonte: Vatican News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *