/ NO AR /
(69) 99321-8279
Porto Velho, 22 de janeiro de 2022 - 3h44
Home > Notícias da Igreja > RDC. Faleceu aos 82 anos D. Gérard Mulumba, 1° Bispo africano vítima do Coronavirus

RDC. Faleceu aos 82 anos D. Gérard Mulumba, 1° Bispo africano vítima do Coronavirus

Faleceu no passado dia 15 de abril, em Kinshasa, D. Gérard Mulumba, Bispo Emérito de Mweka, na República Democrática do Congo. É o primeiro Bispo africano vítima do Coronavírus, lê-se no site da Conferência Episcopal Congolesa (Cenco).

Cidade do Vaticano

O Prelado de 82 anos havia sido hospitalizado numa clínica da capital alguns dias antes. Nascido em Kananga, na província de Kasai Central, e tio do actual presidente congolês Félix Antoine Tshisekedi, D. Mulumba tinha sido ordenado sacerdote em 1967, e depois Bispo em 1989, tendo guiado a diocese de Mweka por 28 anos até em 2017, quando foi sucedido por D. Oscar Nkolo Kanowa.

O seu desaparecimento acontece num momento crítico para o sector da saúde na República Democrática do Congo que, depois dos Camarões, é o segundo País africano mais afectado pela Covid-19, com um total de 327 casos, dos quais 25 mortos e 27 curadoss.

O que tornoa a situação particularmente preocupante é o inesperado reaparecimento do Ébola, que depois de quase dois meses desde o último caso e seis semanas depois do último paciente que recebeu alta do hospital, parecia ter saído da emergência da epidemia. De facto, há alguns dias foram anunciados três novos casos: um jovem que morreu em Beni, uma jovem que morreu no dia da Páscoa e uma terceira pessoa assinalada às autoridades de saúde.

Entretanto, continua ainda a convalescença do Cardeal Philippe Nakellentuba Ouédraogo, Arcebispo de Ouagadougou, em Burkina Faso, e presidente do Simpósio das Conferências Episcopais da África e Madagascar (SECAM), e que recentemente deixou uma clínica da capital, onde havia sido hospitalizado depois de resultar positivo à Covid-19.

Fonte: Vatican News
Foto: Bispos da Província Eclesiástica de Kinshasa, RDC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *