sexta-feira, agosto 14, 2020
Home > Notícias da Igreja > Brasil > Inspirados nas diretrizes da Igreja, assessores da CNBB compartilham suas experiências missionárias

Inspirados nas diretrizes da Igreja, assessores da CNBB compartilham suas experiências missionárias

O grupo de assessores que colabora com as Comissões Episcopais Pastorais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) realizou um encontro de estudos e aprofundamento. Nesta quinta-feira, dia 06 de fevereiro, a reunião teve assuntos diversificados, com destaque para as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) 2019-2023.

Dom Joel Portella Amado, secretário-geral da CNBB, explicou que para o quadriênio 2019-2023 as novas orientações foram estruturadas a partir da concepção da Igreja como “Comunidade Eclesial Missionária”. E, com base nisso, os assessores focaram em discutir como as comunidades e eles mesmos estão abraçando e vivenciando a missão como “escola de santidade”.

O segundo ponto, de acordo com ele, foi discutir o “Pilar da Palavra”, um dos quatro que compõem as Diretrizes Gerais. A centralidade da Palavra de Deus na vida da Igreja será o tema da 58ª Assembleia Geral da CNBB, a ser realizada de 22 a 30 de abril, em Aparecida (SP). “A proposta era conversar com os assessores para ver como eles estavam reagindo à temática e que tipo de ajuda eles poderiam dar aos bispos para que no sistema de emendas, que é feito somente pelos bispos, eles possam acrescentar”, disse dom Joel.

Ainda sobre o encontro que reúne os bispos de todo o Brasil, dom Joel disse que com o grupo de assessores também foi possível falar sobre as missões, responsabilidades e funções de cada um para a Assembleia. “Conversamos também sobre os projetos, o Plano Quadrienal das Comissões e olhamos um pouco essa situação financeira do mundo e do Brasil, pois temos que pensar a evangelização de acordo com a realidade do país”, apontou o bispo.

CF 2020

Ainda durante a reunião, o padre Patriky Samuel Batista, secretário executivo das Campanhas da CNBB, apresentou ações que estão sendo pensadas para o lançamento oficial da Campanha da Fraternidade 2020, na quarta-feira de cinzas, dia 26 de fevereiro. A proposta, de acordo com ele, é que seja realizada uma coletiva de imprensa na sede da CNBB, em Brasília, com a participação de convidados especiais.

Outra ideia apresentada por ele é a de um vídeo que será oferecido às emissoras de TV de inspiração católica e também distribuído nas redes sociais oficiais da CNBB com a palavra do presidente da Conferência, dom Walmor Oliveira de Azevedo, com os objetivos da CF 2020 e o convite à participação efetiva. Padre Patriky também informou que no dia 1º de março, a presidência da CNBB celebrará uma missa no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em São Paulo, por ocasião da Campanha.

Fonte: CNBB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *