sábado, outubro 24, 2020
Home > Notícias da Igreja > Brasil > Mudança na cúpula do Sínodo dos Bispos

Mudança na cúpula do Sínodo dos Bispos

Foi efetivada a anunciada passagem da direção da Secretaria do Sínodo dos Bispos, com a substituição do Cardeal Lorenzo Baldisseri pelo Bispo Mario Grech

VATICAN NEWS

O primeiro ato da transição ocorreu no início de outubro passado, quando Papa nomeou como Pró-Secretário Geral o Bispo Mario Grech, 63 anos, responsável pela diocese de Gozo, uma pequena ilha mediterrânea que pertence a Malta.

Na terça-feira (15) foi oficializada a mudança na direção do Sínodo, com o Papa aceitando a renúncia do Cardeal Lorenzo Baldisseri, 80 anos, para o próximo dia 29 de setembro, ao mesmo tempo em que confiava o cargo de Secretário Geral do Sínodo ao seu sucessor. Neste período, como o próprio Cardeal Baldisseri havia explicado em outubro, Dom Grech trabalhou ao seu lado “para tomar conhecimento direto da instituição e dos seus membros e adquirir consciência dos processos e instâncias de competência”.

Biografia

Nascido em 20 de fevereiro de 1957 a Qala, Grech foi ordenado sacerdote em 1984 e nomeado bispo de Gozo em novembro de 2005 por Bento XVI. Pequena ilha no centro do mar Mediterrâneo, Gozo é parte da República de Malta, com uma população de cerca 32 mil pessoas. A diocese é uma das menores da Igreja Católica, mas apresenta uma das taxas mais altas de sacerdotes em relação à população.

Também devido à posição geográfica de sua antiga diocese, o novo secretário do Sínodo dos Bispos falou em várias ocasiões sobre a tragédia dos migrantes. Uma “questão complexa”, declarou em uma entrevista anterior ao Vatican News, que “deve ser seguida e abordada com grande calma, com muita prudência, mas também com muita responsabilidade”, porque antes de tudo “devemos proteger a vida humana”.

Fonte: Vatican News
Foto: Dom Mario Grech e o Papa Francisco 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *