terça-feira, abril 20, 2021
Home > Notícias da Igreja > Mundo > Caritas Cuba celebra 30 anos de fundação: uma luz onde há necessidade

Caritas Cuba celebra 30 anos de fundação: uma luz onde há necessidade

Hoje é uma das poucas organizações não-governamentais independentes no país, atuando através de onze Caritas diocesanas e cerca de seiscentas Caritas paroquiais e comunitárias. Desde 1991, a organização caritativa da Igreja cresceu não apenas qualitativamente, mas também quantitativamente: de cerca de 33.000 beneficiários assistidos em 2014 aumentou para 51.300 no final de 2019. “Lembremos sempre que nosso chamado é a estar lá, ao lado dos necessitados, mesmo em meio às maiores dificuldades”, enfatiza a Caritas Cuba

Ouça e compartilhe

“Naquele período, o mais difícil para o povo cubano em toda a segunda metade do século XX, a Igreja Católica lançou luz. Não luz sobre um altar, no calor seguro do templo. Mas uma luz que saía para as ruas, como Jesus, onde as pessoas precisavam dela.”

Numa nota, a Caritas Cuba lembra 25 de fevereiro, de trinta anos atrás, quando a Conferência Episcopal Cubana emitiu um decreto anunciando a fundação da Caritas, cujo eixo era a formação sistemática de voluntários, animadores, educadores e outros colaboradores.

Caritas cubana cresceu em qualidade e quantidade

Hoje é uma das poucas organizações não-governamentais independentes no país, atuando através de onze Caritas diocesanas e cerca de seiscentas Caritas paroquiais e comunitárias.

Desde 1991, a organização caritativa da Igreja cresceu não apenas qualitativamente, mas também quantitativamente: de cerca de 33.000 beneficiários assistidos em 2014 aumentou para 51.300 no final de 2019.

Impressionante compromisso com a fé e amor aos outros

Tudo isso graças à “vasta e incansável rede de voluntários” formada por mais de três mil pessoas em toda a Ilha caribenha; metade deles tem mais de 60 anos e não poucos estão ligados ao trabalho da Caritas desde 1991, demonstrando “um impressionante compromisso com a fé e amor aos outros”.

Toda a missão tem sido apoiada financeiramente através da colaboração com outras Caritas internacionais e com organizações irmãs, como a Friends of Caritas cubana, composta por cubanos da diáspora e pessoas de várias nacionalidades.

Execução rigorosa e transparente dos orçamentos

Todos os anos, entre maio e agosto, é realizada uma arrecadação de fundos durante a qual paroquianos e pessoas de boa vontade fazem suas contribuições financeiras (em 2019, foram coletados 10.000 dólares nas onze dioceses).

Para a administração desses recursos – especifica a nota – “em cada um de nossos escritórios e no da sede nacional temos uma equipe de profissionais contábeis que assegura uma execução rigorosa e transparente dos orçamentos”.

Nosso chamado é a estar lá, ao lado dos necessitados

Entre os programas encontram-se os para os idosos mais sós e necessitados, para o desenvolvimento humano (crianças, adolescentes e jovens em risco de exclusão social e suas famílias), o plano “Aprendiendo a crecer” para pessoas com deficiência, e o programa para aqueles que contraíram AIDS.

Trata-se de serviços tempestivos e de qualidade para os quais são necessários “não apenas boa vontade e disponibilidade, mas também instrumentos técnicos e conhecimentos básicos”, para que a ajuda ou o acompanhamento possa ser realmente útil.

“Lembremos sempre que nosso chamado é a estar lá, ao lado dos necessitados, mesmo em meio às maiores dificuldades”, conclui a Caritas Cuba.

Fonte: Vatican News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *