/ NO AR /
(69) 99321-8279
Porto Velho, 28 de novembro de 2021 - 8h23
Home > Notícias da Igreja > Papa > Francisco reza pelos venezuelanos, provados pela Covid-19 e pela pobreza

Francisco reza pelos venezuelanos, provados pela Covid-19 e pela pobreza

O Papa Francisco enviou uma breve mas sincera carta ao arcebispo de Mérida, cardeal Baltazar Porras Cardozo, administrador apostólico de Caracas, por ocasião de seu onomástico, celebrado nesta quinta-feira (07/01). No texto, o Papa expressa novamente sua proximidade ao povo venezuelano, que nos últimos anos foi vítima de uma pesada crise humanitária e socioeconômica, agravada pela pandemia da Covid-19.

Ouça e compartilhe

Acompanhar um povo que sofre com o coração de pai

“Que Deus continue lhe dando força e parrésia”, escreve Francisco, “e com o coração de pai saiba acompanhar e consolar seu santo povo fiel, posto à prova pelo sofrimento causado pelo flagelo da pandemia, a arrogância dos poderosos e a crescente pobreza que o estrangula”.

Proteção da Virgem, São José e São Baltazar

Na festa da Epifania, “dia da manifestação da humildade de Deus, que se torna a luz que vence as trevas que cobrem o mundo”, o Papa se felicita com o cardeal venezuelano pelo seu onomástico, e eleva sua oração ao Senhor pelo seu ministério episcopal e sua vida pessoal. Por fim, confia o povo venezuelano à proteção da Virgem Maria e de São José e ao patrocínio do santo rei Baltasar, um dos Reis Magos, e concede sua bênção apostólica.

Felicitações de Parolin e Peña Parra

A carta também é acompanhada por uma “cordial saudação” do secretário de Estado, cardeal Pietro Parolin, que desempenhou seu último cargo diplomático na Nunciatura da Venezuela. O substituto dos Assuntos Gerais da Secretaria de Estado, o venezuelano dom Edgar Peña Parra, também aproveitou a ocasião para expressar sua “consideração e estima” ao cardeal Porras.

Assembleia da Conferência Episcopal Venezuelana

Nesta semana, o cardeal Porras Cardozo participa da assembleia ordinária da Conferência Episcopal Venezuelana (Cev), que começou nesta segunda-feira de forma virtual por causa da pandemia. Além de analisar a realidade nacional, os bispos venezuelanos estão discutindo sobre a II Assembleia Nacional de Pastoral, que será realizada este ano, depois de ter sido anulada no ano passado por causa da epidemia mundial. Conforme a tradição, espera-se que na segunda-feira dia 11, no encerramento da sessão plenária, seja divulgada a exortação pastoral dos bispos venezuelanos.

Fonte:Vatican News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *