sábado, julho 20, 2019
Home > Notícias > Rondônia passa a integrar Conselho Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação

Rondônia passa a integrar Conselho Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação

Rondônia passa a integrar, através da Superintendência de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (Sedi), o Conselho Nacional de Secretários para Assuntos de Ciência Tecnologia e Inovação (CT&I), uma entidade que representa as secretarias estaduais de todo o país para coordenar e articular os interesses comuns nas áreas científicas, tecnológicas e de inovação.

O coordenador Thalles Gomes esteve no Fórum Nacional do Conselho de Secretários Estaduais para Assuntos de CT&I (Consecti) em Porto Alegre nos dias 23 e 24 de Maio de 2019 para buscar articulação para o desenvolvimento de ecossistemas de inovação em Rondônia.

Um dos assuntos que nortearam os debates do fórum foi a implantação da Câmara da Indústria 4.0, um colegiado formado por mais de 30 entidades representativas do governo, empresas e acadêmicos que será uma instância de governança com o objetivo de integrar as iniciativas em todo o Brasil.

Thalles Gomes ressalta que Rondônia está discutindo essa nova realidade do desenvolvimento econômico. “Acabamos de participar da Rondônia Rural Show, uma feira que trata justamente desse tema da Indústria 4.0, que nada mais é do que as inovações no campo da automação e a utilização de tecnologias como computação na nuvem para criar oportunidades e novos modelos de negócios”.

Outro tema do fórum foi o fortalecimento do Pacto pela Inovação Nacional, uma ideia para mobilizar várias entidades empresariais, governamentais e educacionais em todo o Brasil.

Antes da Sedi integrar, quem representava os interesses rondonienses era a Fundação de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas e a Pesquisa (Fapero).

Para o superintendente da Sedi, Sergio Gonçalves, a participação no Consecti coloca o estado no contexto nacional, abre oportunidade para participação em ações previstas para o setor que possam ser aplicadas via Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC, como acesso as linhas de financiamento e projetos estruturantes.

A reunião contou com a presença do governador do Estado do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, o presidente do Consecti, Gilvan Máximo, o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação do Rio Grande do Sul, Luis Lamb, e o diretor do Departamento de Tecnologias Estruturantes do MCTIC –, Jorge Mário Campagnolo.

Fonte
Texto: Devanil Júnior
Fotos: Arquivo
Secom – Governo de Rondônia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *