/ NO AR /
(69) 99321-8279
Porto Velho, 28 de novembro de 2021 - 20h34
Home > Notícias > Dia de Nossa Senhora do Seringueiro, em Guajará-Mirim

Dia de Nossa Senhora do Seringueiro, em Guajará-Mirim

Desde o dia 29 de outubro iniciou Novena, seguindo venda de comidas em frente ao prédio da Catedral.

Com a pandemia e respeitando as normas de saúde, na data, de hoje, terça-feira, 08, a procissão sairá às  18h30min da Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro até a Igreja Nossa Senhora do Seringueiro, onde às 19h inicia missa em homenagem a data. No final da celebração será vendido alimentos por membros.

Parte do comércio funcionou normalmente. O Porto Oficial funcionou no horário comercial, como tem ocorrido durante a semana.

História da Catedral

Em 1956 foi colocada a pedra Fundamental. Num verdadeiro mutirão de toda a cidade, precisaram quinze anos para completar a construção. Um tempo recorde, levando em consideração o tamanho da obra, o lugar e a época. Qual poderia ser a padroeira da nova Catedral? Dom Rey passou logo no seringueiro, sofredor nas “estradas” de sua colocação, nos seringais. Apesar da proposta nova e estranha, Dom Rey decidiu dedicar a Catedral a Maria Protetora dos Seringueiros. Nasceu assim, conforme o texto por ele escrito aos 11 de Fevereiro de 1956 (memória da Aparição da Imaculada, em Lourdes), o novo vocábulo de “Nossa Senhora do Seringueiro”. Aos 08 de Dezembro de 1971 foi inaugurada a nova Catedral, celebrando-se aos 25 anos de episcopado de Dom Rey e 25 anos de sacerdócio de Dom Roberto, então Bispo de Guajará-Mirim. No mesmo dia foi fundada a Paróquia “Nossa Senhora do Seringueiro”, cujo primeiro Vigário foi Padre Valdomiro Giovanella.

Fonte: O MAMORÉ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *