segunda-feira, fevereiro 17, 2020
Home > Notícias > Servidores da saúde recebem insalubridade, retroativos de progressões e verbas rescisórias

Servidores da saúde recebem insalubridade, retroativos de progressões e verbas rescisórias

Cerca de cinco mil processos que estavam parados de servidores da saúde foram reanalisados em 2019 pela equipe da Secretaria Estadual de Saúde, a maioria processos de progressões funcionais verticais e horizontais, e mais de três mil servidores já receberam insalubridade, 868 servidores receberam as progressões e mais de 300 as verbas rescisórias em 2019.

“Estamos trabalhando e empenhados para agilizar os processos que estavam parados, e dar continuidade aos que estão chegando. Graças a um esforço conjunto da Sesau com a Superintendência Estadual de Gestão de Pessoal (Segep) isso está sendo possível. Os processos estão sendo analisados e os pagamentos disponibilizados”, informou o Secretário de Saúde, Fernando Máximo.

De acordo com Neucila Baratto, gerente de Recursos Humanos da Sesau, em 2019 foram pagos mais de R$1,1 milhão a 868 servidores referente a diferença de progressões. Em verbas rescisórias foram mais de R$ 2,1 milhões pagos a 314 servidores.

A insalubridade, que é uma reivindicação dos servidores, também está sendo paga. Mais de três mil profissionais da saúde estão recebendo, e no ano passado foram pagos mais de R$ 5,8 milhões.

“Completamos um ano à frente da Secretaria de Saúde, um ano de muitas dificuldades, mas que estamos sempre atentos à reivindicação da categoria. Nosso objetivo é encontrar a melhor maneira para atender nossos servidores. Com a determinação do governador Marcos Rocha iremos fazer todos os pagamentos”, destacou o secretário de saúde Fernando Máximo.

A previsão é que mais de 1.500 processos de progressões sejam pagos este ano.

Fonte
Texto: Sângela Oliveira
Fotos: Ítalo Ricardo
Secom – Governo de Rondônia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *