VAMOS AO ENCONTRO DE JESUS, NOSSA ALEGRIA E ESPERANÇA

Irmãos e Irmãs, Graça e Paz!

Estamos iniciando um novo Tempo do Advento, que nos introduz no novo Ano Litúrgico. A novidade não se refere a algo externo que vai acontecer, mas a Deus que vem entre nós, em nós, de forma inédita e estupenda, que nos leva a ativar um dinamismo de espera-esperançosa para perceber e nos surpreender diante da maravilha que Ele faz na história e em cada um e cada uma de nós.

E que maravilha é a vinda de Jesus entre nós! Ele que, como nos diz o Apóstolo Paulo, “tinha condição divina, não se apegou a sua igualdade com Deus, mas esvaziou-se” (Fl 2,6-11) e assumiu o nosso mesmo corpo mortal para revesti-lo de ressurreição e fazer-nos participantes da sua vida divina.

A cada novo Ano Litúrgico, a cada Advento, revivemos esse Mistério de fé que nos faz contemplar a beleza de sermos filhos e filhas de Deus no Filho. Viver o Tempo do Advento é sentir e confirmar que Jesus nos envolve com sua força vital e nos faz experimentar seu amor, vislumbrar sua luz e acolher a sua consolação que nos conduz a uma dimensão superior de nós mesmos.

Quais surpresas o Senhor nos reserva para nos consolar e revitalizar depois de tantos sofrimentos e restrições vividas neste ano? Recordemos, irmãos e irmãs, que estamos todos na mesma barca, que nos encontramos todos fragilizados, e que temos necessidade de atenção, de orações, de sorrisos, de amor… Jesus sana todas essas necessidades através de sua Palavra e presença também sacramental, e através de cada pessoa que empresta seus olhos, mãos, palavra, coração para estabelecer relações de comunhão.

Deixemos que o Emanuel nos surpreenda. Queremos descobrir abrindo-nos ao dom da sua presença, para sermos fortalecidos na esperança, vivificados pela sua alegria e, assim, doar esperança e alegria a tantos irmãos e irmãs que já não conseguem sozinhos.

Caminhemos com a Mãe Maria, ela que é a primeira de uma longa série de pessoas alcançadas e invadidas pela alegria que transborda do encontro com o Emanuel. Do ventre de Maria, Jesus irradia luz e alegria ao mundo. E essa alegria é autêntica e tem a força de se expandir sem se deixar prender por nenhum coração egoísta. Sigamos o exemplo de Maria de Nazaré que, rapidamente, sai ao encontro de Isabel para comunicar à sua prima as maravilhas que o Senhor fez nela e fará em nós por meio do seu Filho.

Unidos e unidas na fé, rezemos: Senhor, por vezes o meu coração é pequeno e cheio de muitos interesses, não tem espaço para ti e para os outros. Dá-me um coração simples, aberto a tua novidade, como o de Maria, pronto para acolher com entusiasmo a tua Palavra. Senhor, ergue-nos e faz-nos sair rapidamente para levar a todos a alegria que nasce de te encontrar.

Dom Roque Paloschi

Arcebispo de Porto Velho-RO

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Enviar Mensagem
Estamos Online
Rádio Caiari
Olá 👋
Como podemos ajudar?