/ NO AR /
(69) 99321-8279
Porto Velho, 7 de dezembro de 2021 - 21h03
Home > Notícias > Haiti: Missionárias da Congregação das Irmãs de Santa Catarina VM relatam realidade dramática

Haiti: Missionárias da Congregação das Irmãs de Santa Catarina VM relatam realidade dramática

O testemunho de Ir. Maria Liani Postai csc, da Congregação das Irmãs de Santa Catarina VM, e do Frei João Daniel, haitiano.

Fabrício Preto – POM

“A situação é dramática. Uma realidade muito forte, que começou no sábado pela manhã, por volta das 8h30. Foi um momento arrasador e atingiu a nossa região, em Les Cayes, próximo ao epicentro do terremoto. Foi um terror, todos nós experimentamos isso, parecendo que a terra abriria e que nós seríamos engolidos”.

Esse é o testemunho de Ir. Maria Liani Postai csc, da Congregação das Irmãs de Santa Catarina VM, que junto com mais seis religiosas atuam no Haiti junto à população mais carente, sendo missionárias no atendimento à saúde.

No último sábado, 14 de agosto, um terremoto de 7,2 que atingiu o sul do Haiti, causando mais de 2.189 mortos e quase 12 mil feridos. Entre os mortos estão dois sacerdotes e entre os feridos está o cardeal Chibly Langlois.

Terremoto no Haiti
Terremoto no Haiti

Ir. Maria Liani fala sobre os momentos vividos nos últimos dias. “O terremoto arrasou com a maioria das casas dos pobres, também destruiu prédios, e a cúria da diocese caiu por terra.  Nós estamos dando toda a assistência às famílias, tentando conseguir recursos. O que tínhamos já foi investido na compra de lonas, alimentos e água, pois tudo parou. Além do abalo que nós irmãs sofremos, pois demoramos um pouco para retomar. Nós temos que ser fortes para consolar, ajudar e restaurar as famílias que tiveram todas essas perdas. Toda a ajuda, especialmente a oração, e também o auxílio material para podermos ajudar a reconstruir, ao menos em parte, as casas onde as pessoas possam ficar, pois as famílias perderam os espaços de convivência”, lembrou a missionária.

O vídeo enviado pela missionária mostra um pouco da realidade local após o terremoto, através do testemunho do Frei João Daniel, haitiano.

Frei João Daniel, haitiano

Missionárias colaboram com os cuidados na saúde

A Congregação das Irmãs de Santa Catarina VM, das Províncias de Novo Hamburgo (RS) e Petrópolis (RJ), colaboram em três comunidades: Corail – Grandanse, Abacou – Sao Jean de Sud e Bellabe. Em Abacou e Corail atendem em postos de saúde chamados Dispensaire e em Bellabe atendem a saúde domiciliar, clínica móvel e formação de jovens. “Estamos em Corail- região de Grandanse, Diocese de Jeremie, Abacou e Bellabe na Região Sul e Diocese de Les Cayes. Nos três campos de missão atendemos na área da Saúde, seja em Postos e à domicílio. Também, em Bellabe temos a Casa de Formação para a Vida Religiosa onde estão conosco quatro jovens Postulantes haitianas.”, finalizou Ir. Maria Liani.

Terremoto no Haiti

Terremoto no Haiti

Ajudas podem ser realizadas

Para colaborar com o trabalho das Irmãs no Haiti, a congregação disponibilizou uma conta para receber doações.
Banco do Brasil
Agência 3134 digito 8
Conta Poupança: 131 220 dígito 0
PIX – 51 99685 2959
A conta está no nome de Ivoni Francisca Ferreira dos Passos (Ecônoma de Província)

Fotos: Ir. Maria Liani Postai csc, da Congregação das Irmãs de Santa Catarina VM

Fonte: Vatican News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *