No ano em que Porto Velho completou 107 anos de história, o hino do município ganhou uma merecida homenagem. Um vídeo com imagens atuais da capital foi produzido junto de uma nova gravação musical do hino, mantendo a originalidade da letra escrita por Cláudio Feitosa, e incluindo a participação de uma intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Entre as belas imagens trazidas, estão o nascer do sol no Rio Madeira, as Caixas D’Água na Praça Três Marias, o complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré (EFMM) revitalizado, o Prédio do Relógio, a Catedral Sagrado Coração de Jesus, entre outras atrações. Personagens dessa história, como os soldados da borracha, também não poderiam ficar de fora.

O superintendente municipal de Comunicação, Beni Domingues Júnior, explica o início do projeto. “A ideia nasceu em uma conversa com o prefeito Hildon Chaves. Pensamos em recriar a emoção musical, com todos os cuidados necessários em respeito à versão original, trazendo legendas e linguagem de sinais para garantir a acessibilidade, e produzindo um vídeo que mostra os pontos históricos de Porto Velho sob uma perspectiva atual, destacando as conquistas, as belezas naturais, e o desenvolvimento da nossa cidade”.

Para o historiador e vereador Aleks Palitot, o Hino de Porto Velho demonstra o sentimento de pertencimento que a população deve ter por sua história. “A nova produção, parte musical e melodia, que contemplam a letra do hino, conseguiram repaginar, mas respeitando as raízes e a essência, apenas realçando os valores em sua letra”, afirma. “Os intérpretes foram extremamente felizes e conseguiram trazer no seu tom de voz e musicalidade toda a emoção e o sentimento que o povo de Porto Velho deve ter pela cidade”.

Através deste link, a prefeitura de Porto Velho disponibiliza o vídeo com o hino do município para download, para que possa ser utilizado por setores da educação, cultura, órgãos públicos e a população em geral.

ORIGEM DO HINO

Em 1983, durante a gestão de Sebastião Valadares, a prefeitura de Porto Velho lançou o edital do concurso para a criação da bandeira, hino e brasão do município. O escritor e pesquisador Cláudio Feitosa se sagrou vencedor ao escrever aquele que se tornaria o Hino de Porto Velho.

Com os símbolos aprovados, um projeto de autoria do Poder Executivo foi enviado à Câmara Municipal, que aprovou a Lei 249, de 11 de outubro de 1983, oficializando o hino, a bandeira e o brasão do município.

Texto: SMC
Foto: Leandro Morais e SMC

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar Mensagem
Estamos Online
Rádio Caiari
Olá 👋
Como podemos ajudar?