/ NO AR /
(69) 99321-8279
Porto Velho, 28 de novembro de 2021 - 7h16
Home > Notícias > Prefeitura de Porto Velho realiza pesquisa entre pacientes do Hospital de Amor Amazônia

Prefeitura de Porto Velho realiza pesquisa entre pacientes do Hospital de Amor Amazônia

Pacientes, familiares de pacientes, colaboradores do Hospital de Amor Amazônia e a população em geral já podem participar respondendo a pesquisa da Prefeitura de Porto Velho que vai nortear a elaboração do Projeto Básico do Serviço de Transporte Coletivo para atendimento das pessoas que se deslocam até a unidade localizada no KM15, BR-364, sentido Candeias do Jamari.

A pesquisa é executada pela Divisão de Gerenciamento, Fiscalização e Controle de Transportes da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), para coletar informações referentes aos tipos de transportes que são utilizados por estes usuários para a realização de consultas, tratamentos, exames ou outros procedimentos na unidade referência na região para o tratamento contra o câncer e que hoje recebe uma alta demanda de assistidos.

“A ideia surgiu a partir de visitas de equipes da Semtran na região para análise e fiscalização do transporte coletivo, táxi e aplicativos de mobilidade que prestam o serviço de deslocamento para conduzir pacientes e pessoas que se dirigem até o hospital. O secretário Ronaldo Flores, sensível aos pacientes que já passam por um momento delicado, e aos demais pela distância da unidade do centro da cidade, nos deu essa missão de otimizar o atendimento das pessoas que fazem parte desta demanda”, explicou Emanuel Silvio Carlos Bezerra Junior, gerente da divisão.

O questionário para a elaboração do projeto é composto por dez perguntas que vão desde informações pessoais para identificação do perfil do usuário, até o meio e custo do cidadão ao realizar o deslocamento até o hospital. “É interessante que as pessoas se identifiquem, mas dados como CPF são opcionais. A pesquisa é destinada à população em geral, em especial aos frequentadores, para que assim nós possamos saber mais sobre as condições do transporte até o hospital, custos, enfim, de como funciona atualmente”, lembrou Silvio.

Para responder ao questionário e contribuir com a pesquisa, os pacientes podem acessar o formulário aqui até o dia 16 de novembro. “Em relação aos dados queremos realizar a melhoria do transporte coletivo ou dos táxis que lá vão ser alocados daqui a alguns dias, pois estamos fazendo um trabalho de planejamento para que a população possa fazer uso deste transporte”, concluiu o responsável.

Texto: Renata Beccária
Foto: SMC

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *