/ NO AR /
(69) 99321-8279
Porto Velho, 30 de novembro de 2021 - 20h17
Home > Notícias > Projeto É Tempo De Amar E Servir Encerra Suas Atividades Após Mais De Um Ano De Atendimentos Às Pessoas Em Situação De Rua

Projeto É Tempo De Amar E Servir Encerra Suas Atividades Após Mais De Um Ano De Atendimentos Às Pessoas Em Situação De Rua

Após 1 ano e 5 meses o Projeto É Tempo de Amar e Servir encerra as atividades de atendimento a pessoas em situação de rua. O motivo se dá também pelo encerramento do convênio da Arquidiocese com a Prefeitura de Porto Velho. O Projeto surgiu em março de 2020 diante da necessidade de atender com dignidade, durante a pandemia, as pessoas em situação de rua.

O Projeto aconteceu na Paróquia Sagrada Família, através de um convênio da Arquidiocese de Porto Velho com a Prefeitura Municipal de Porto Velho através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Família (SEMASF). Em números, considerando os mais de 500 dias (incluindo domingos e feriados), com média de atendimento diário de 180 pessoas, estima-se em 70 mil atendimentos, somente com distribuição de alimentos. Somando a outros serviços como lavagem de roupa, oferta de banho, doação de roupas, tratamento de dependência química, corte de cabelo, encaminhamento espiritual, jurídico, psicológico, médico e outros, totalizando aproximadamente 100 mil atendimentos diversos.

As ações de atendimento e serviços ofertados eram realizados com a mobilização de voluntários, organizados em equipes diárias, com média de 15 a 20 pessoas por dia, além de servidores municipais, envolveu-se também, não apenas membros da comunidade Sagrada Família, mas fundamental apoio de migrantes, religiosos e leigos atuantes em diversas paróquias e até de outras denominações religiosas, que também estiveram nesta missão.

O Projeto É Tempo de Amar e Servir foi muito além da oferta do mínimo de dignidade humana, diante de datas comemorativas a coordenação do projeto junto dos voluntários não media esforços em proporcionar a vivência e celebrar com alegria juntos com estas pessoas, a Páscoa, festa junina, dia das mães, dia dos pais, Natal, dia das crianças, entre outros.

Em conversa da pastoral da comunicação com alguns dos voluntários, destacaram o que mais marcou durante o projeto. Para Ricardo Vitor: “O Projeto É Tempo de Amar e Servir para mim foi um divisor de águas como cristão poder partilhar alimento e dignidade, levar uma porção de amor e fé e aprender todos os dias com as diversas experiência de vida. Cuidar do irmão, também é cuidar da casa comum. Finalizou o voluntário.

Para Juliana Pires: “O Projeto É Tempo de Amar e Servir reforçou o ensinamento do amor a serviço do próximo em minoria, ensinou que sempre há tempo para reconhecer no irmão o semblante de Jesus Cristo. Gratidão a partilha da vida com todos e todas presente na caminhada.”.

Para Alexandre, membro da coordenação do Projeto os voluntários e doadores foram fundamentais para a durabilidade do Projeto: “O projeto não poderia ter conseguido cumprir seus objetivos se também não houvesse um número considerável de pessoas que contribuíram com doações, entre empresas, amigos, familiares, parceiros, escolas, ONGs, faculdades e tantos outros. Assim se desenvolveu, com a Graça de Deus, o Projeto É Tempo de Amar e Servir. Tenho certeza que cada um irá levar um aprendizado e que Deus está feliz com cada um dos voluntários. Finalizo com meu muito obrigado a todos, voluntários, eles foram fantásticos.” Alexandre destacou ainda que os serviços caritativos da Paróquia Sagrada Família não finalizam, a paróquia segue com assistência da Cáritas Paroquial às famílias em situação de vulnerabilidade social.

A Arquidiocese de Porto Velho, através do arcebispo Dom Roque Paloschi agradece a todos que contribuíram diretamente e indiretamente com o projeto, com a doação da generosidade e dedicação de todos.

Fonte: Arquidiocese de Porto Velho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *