O encontro aconteceu no salão nobre da Catedral Sagrado Coração de Jesus e contou com a participação de dezenas de pessoas de várias comunidades. Após a pandemia, é a primeira vez que as lideranças se reúnem para esta finalidade.

As atividades começaram com uma calorosa acolhida, uma espiritualidade bem característica da caminhada, com músicas, símbolos e sinais. Entre cantos e muita animação, os participantes foram entrando e se aconchegando, Penha Vidal era uma delas: – “Eu não fui convidada não, mas vou participar”, declarou convicta, a veterana da paróquia José Operário.

Em seguida, os animadores fizeram uma memória do 12º Encontro Intereclesial, em nível nacional, que foi realizado em 2009, em Porto Velho; bem como, fizeram uma abordagem sobre as características do que é CEBs.

Depois os participantes foram organizados em grupos menores, para a luz dos pilares do pão da palavra, do pão, da missão e do pilar caridade, prioridades assumidas pela Igreja de Porto Velho. Lá os grupos partilharam caminhos que devem ser assumidos, iluminados pela Palavra de Deus. Aliás a Palavra de Deus deve ser sempre, o alicerce de caminhada, exalta padre Geraldo Siqueira, Coordenador Diocesano de Pastoral, incentivando às comunidades a retomarem os grupos bíblicos, como condição para a sobrevivência das mesmas.

Ao final do encontro, foi apresentado o cartaz do novo Encontro Nacional das CEBs, que será realizado de 18 a 22 de julho de 2023, em Rondonópolis, no Mato Grosso, cujo tema escolhido é: “Novo céu e nova terra” e Lema: Vejam, vou criar um novo céu e uma nova terra”.

Com informações da Irmã Egnalda Rocha – CIIC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar Mensagem
Estamos Online
Rádio Caiari
Olá 👋
Como podemos ajudar?