O Papa Francisco voltou a fazer referência à Amazônia, que “se apresenta aos olhos do mundo com o todo o seu esplendor, o seu drama e o seu mistério” (cf. Querida Amazonia 1), em carta dirigida nesta segunda-feira (10) à equipe de missionários “Igreja Argentina, Amazônia é tua Missão” no Vicariato Apostólico localizado na sede episcopal de Puerto Maldonado, no Peru, que atende 23 paróquias e uma população de mais de 350 mil habitantes. O trabalho local tem impulsionado a pastoral e o compromisso com os diferentes povos, comunidades nativas, ribeirinhas e jovens que se formaram nas cidades da região.

“Queridos amigos”, começou o Pontífice escrevendo em espanhol, ao agradecer o testemunho que fizeram chegar ao Vaticano sobre o compromisso assumido naquele território. Francisco se demonstrou feliz pela disponibilidade dos missionários e “por assumir, em nome da Igreja, a tarefa evangelizadora que ocupa um lugar especial no meu coração”. Tanto que o Papa visitou Puerto Maldonado em janeiro de 2018, o que, junto com o Sínodo Especial de 2019, ajudou a reforçar o compromisso dos missionários para traçar novos caminhos por uma Igreja amazônica e através da ecologia integral.

O sonho do Papa com uma Amazônia diferente

Assim, na carta enviada nesta segunda (10), o Pontífice transcreveu um trecho do que ele expressou na Exortação Apostólica Pós-Sinodal Querida Amazonia, destinada ao Povo de Deus e a todas as pessoas de boa vontade, ao afirmar:

“Sonho com uma Amazônia que lute pelos direitos dos mais pobres, dos povos nativos, dos últimos, de modo que a sua voz seja ouvida e sua dignidade promovida. Sonho com uma Amazônia que preserve a riqueza cultural que a carateriza e na qual brilha de maneira tão variada a beleza humana. Sonho com uma Amazônia que guarde zelosamente a sedutora beleza natural que a adorna, a vida transbordante que enche os seus rios e as suas florestas. Sonho com comunidades cristãs capazes de se devotar e encarnar de tal modo na Amazônia, que deem à Igreja rostos novos com traços amazônicos.”

O Papa finalizou a carta aos missionários assegurando que a presença deles naquele território, como a de tantos outros, “ajudará a tornar o sonho realidade. Sigam em frente!”.

Fonte: Vatican News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar Mensagem
Estamos Online
Rádio Caiari
Olá 👋
Como podemos ajudar?