/ NO AR /
(69) 99321-8279
Porto Velho, 7 de dezembro de 2021 - 19h51
Home > Notícias > PALAVRA DO DIA > Palavra do dia

Palavra do dia

Leitura do Dia

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos (Rm 7,18-25a)

Irmãos, estou ciente de que o bem não habita em mim, isto é, na minha carne. Pois eu tenho capacidade de querer o bem, mas não de realizá-lo. Com efeito, não faço o bem que quero, mas faço o mal que não quero. Ora, se faço aquilo que não quero, então já não sou eu que estou agindo, mas o pecado que habita em mim. Portanto, descubro em mim esta lei: Quando quero fazer o bem, é o mal que se me apresenta.

Como homem interior ponho toda a minha satisfação na lei de Deus; mas sinto em meus membros outra lei, que luta contra a lei da minha razão e me aprisiona na lei do pecado, essa lei que está em meus membros. Infeliz que eu sou! Quem me libertará deste corpo de morte? Graças sejam dadas a Deus, por Jesus Cristo, nosso Senhor.

Evangelho do Dia

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Lucas (Lc 12,54-59)

Naquele tempo, Jesus dizia às multidões: “Quando vedes uma nuvem vinda do ocidente, logo dizeis que vem chuva. E assim acontece. Quando sentis soprar o vento do sul, logo dizeis que vai fazer calor. E assim acontece. Hipócritas! Vós sabeis interpretar o aspecto da terra e do céu. Como é que não sabeis interpretar o tempo presente? Por que não julgais por vós mesmos o que é justo?

Quando, pois, tu vais com o teu adversário apresentar-te diante do magistrado, procura resolver o caso com ele enquanto estais a caminho. Senão ele te levará ao juiz, o juiz te entregará ao guarda, e o guarda te jogará na cadeia. Eu te digo: daí tu não sairás, enquanto não pagares o último centavo”.

Palavras do Santo Padre

Para entender os sinais dos tempos, antes de mais é necessário o silêncio: ficar em silêncio e observar. E depois refletir dentro de nós mesmos. Um exemplo: por que existem tantas guerras agora? Por que algo aconteceu? E rezar… Silêncio, reflexão e oração. Somente assim poderemos entender os sinais dos tempos, o que Jesus quer nos dizer. (Santa Marta, 23 de outubro de 2015)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *