quarta-feira, outubro 21, 2020
Home > Podcasts > Arquidiocese organiza atendimento às pessoas em situação de rua e imigrantes

Arquidiocese organiza atendimento às pessoas em situação de rua e imigrantes

Ouça e compartilhe!

A Arquidiocese de Porto Velho organizou serviços de atendimento às pessoas em situação de rua e imigrantes, em parceria com a Prefeitura de Porto Velho, em resposta à crise da Covid-19.

Para acolher os imigrantes, a Igreja cedeu à SEMASF (Secretaria Municipal da Assistência Social e Família) o Centro Comunitário da Comunidade Nossa Senhora Aparecida, na Vila DNIT, para a abertura de um abrigo provisório, com capacidade para 40 pessoas. A Cáritas Arquidiocesana tem acompanhado e apoiado os trabalhos das equipes da prefeitura.

Coube à Paróquia Sagrada Família, através da Cáritas Paroquial, sediar o atendimento às pessoas em situação de rua. Os banheiros do Centro Catequético foram adaptados com chuveiros para o banho. Uma lavanderia com tanque, lavadoras e secadoras de roupas foi montada para que os atendidos possam lavar suas roupas. Já são oferecidos banho, lavação de roupas e alimentação.

Os custos iniciais com o projeto (adaptações das instalações e aquisição de insumos) foram assumidos pela Cáritas Paroquial da Sagrada Família e Cáritas Arquidiocesana. A SEMASF vai fornecer a alimentação para 70 pessoas, até o dia 12 de abril, podendo, caso necessário, fazer novo provisionamento.

A oferta dos serviços depende da continuidade das doações de alimentos, roupas e material de higiene e limpeza. Doações podem ser entregues na Cáritas Arquidiocesana ou na Paróquia Sagrada Família.

Os voluntários da Cáritas Paroquial e do Projeto Levanta-te e Anda fazem o atendimento, a mobilização de recursos, o recebimento e triagem de doações, preparação e distribuição de alimentos, triagem para o banho, monitoramento do uso da lavandeira, etc.

Voluntários pertencentes ao grupo de risco da Covid-19 são dispensados.

Com inabalável confiança em Deus,queremos superar, juntos, a insegurança, o medo e o sofrimento. Sustentados pela graça somos chamados ao serviço aos mais pobres, como as pessoas em situação de rua. Neles queremos ver o rosto do Cristo. E que eles também vejam em nós o rosto misericordioso do Pai. Agradecemos a todos quantos têm colaborado.

Com a fé e a força de Nossa Senhora Auxiliadora, sigamos firmes na fé e na caridade.

Fonte: Arquidiocese de Porto Velho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *